INFO BLOG

Conselhos médicos para viagens à Colômbia

As regiões naturais da Colômbia

Poucos países têm tanta diversidade como a Colômbia. Por isso, deve-se levar em consideração alguns conselhos médicos que variam nas seis regiões naturais do país, a saber:

  • Região Andina
  • Região Pacífica
  • Orinoquia
  • Região Insular
  • Região Amazônica
  • Região Caribe

Cada região se caracteriza por suas próprias paisagens, sua vegetação, seu clima, sua gente, sua cultura e costumes.

Região Andina: as três cordilheiras dos Andes

A região Andina é a mais populosa do país. Está localizada na Cordilheira dos Andes, a mais extensa cadeia montanhosa do mundo. A temperatura varia bastante, devido a que a altitude pode mudar desde quase o nível do mar até montanhas com mais de 5.000 metros. Por esta razão, há grandes mudanças de temperatura ao longo do dia e da noite. Aconselhamos que consulte seu médico antes de viajar a lugares de grande altitude, dê ao seu corpo alguns dias para se acostumar às condições antes de iniciar atividades físicas exigentes, e se mantenha hidratado.

Doença Vacina obrigatória? Vacina recomendada? Lugares de maior risco na região
Febre amarela Não Apenas em lugares de risco Todo o estado do Norte de Santander. Dabeiba, Mutatá e Yondó no estado de Antioquia
Malária Não existe Não existe Lugares com uma altitude inferior a 1.500 metros acima do nível do mar
Vírus da Zika Não existe Não existe Lugares com uma altitude inferior a 2.200 metros acima do nível do mar
Febre da Dengue Não A vacina tem efeitos adversos Estados de Antioquia, Valle del Cauca, Tolima, Santander, Norte de Santander, Cundinamarca e Huila.

Região Pacífica: Água e diversidade em todos os lugares

Nesta região predomina um clima tropical com temperatura média de 24°C e chuvas durante o ano inteiro. Devido à grande quantidade de água, há presença de mosquitos que transmitem doenças como a malária e a febre amarela. Recomendamos que se proteja contra os mosquitos.

Doença Vacina obrigatória? Vacina recomendada? Lugares de maior risco na região
Febre amarela Em lugares de risco Sim Riosucio, Carmen del Darién, Juradó, Nuquí e Ungía, no estado de Chocó [more info].
Malária Não existe Não existe Lugares com uma altitude inferior a 1.500 metros acima do nível do mar.
Vírus da Zika Não existe Não existe Lugares com uma altitude inferior a 2.200 metros acima do nível do mar
Febre da Dengue Não A vacina tem efeitos adversos Estados de Antioquia e Valle del Cauca

Região Orinoquia: Terra de vaqueiros e anacondas

O clima é tropical com temperatura média de 27°C, embora em algumas zonas e no verão possa chegar a 33°C. Há uma longa temporada de chuvas, que começa em abril e vai até novembro, e outra de verão, entre dezembro e março. É importante proteger-se contra os mosquitos. Em passeios de campo, recomendamos o uso de botas de borracha de cano alto para ficar tranquilo ao caminhar em zonas úmidas e com presença de insetos e animais possivelmente venenosos.

Recomendamos sempre beber água engarrafada e evitar o consumo de gelo em bebidas.

Doença Vacina obrigatória? Vacina recomendada? Lugares de maior risco na região
Febre amarela Sim [more info] Em toda a região Toda a região
Malária Não existe Não existe Lugares com uma altitude inferior a 1.500 metros acima do nível do mar
Vírus da Zika Não existe Não existe Estado do Meta
Febre da Dengue Não A vacina tem efeitos adversos Lugares com uma altitude inferior a 2.200 metros acima do nível do mar

Região Caribe: mar, areia e paraíso

Na maior parte da região o clima se mantém quente e úmido, com temperaturas superiores a 22°C, exceto em regiões como a Sierra Nevada de Santa Marta, na qual se encontra o Pico Cristóbal Colón, a mais alta montanha do país, ou o estado de La Guajira, onde predomina o clima seco e altas temperaturas, com uma média de 28º C [more info]. Na cidade de Cartagena, a média da temperatura é de 27°C.

O Caribe, excetuando La Guajira, tem uma longa temporada de chuvas que começa em maio e termina em novembro, sendo outubro o mês mais chuvoso. A temporada seca começa em dezembro e termina em abril. Na maior parte de La Guajira os meses com maiores precipitações são setembro e outubro, e entre dezembro e abril é temporada seca. No resto do ano há chuvas ocasionais.

Em zonas como a Serra Nevada de Santa Marta ou em zonas próximas a rios, recomendamos que se proteja contra os mosquitos. Em zonas próximas a Santa Marta ocorreram casos de febre amarela.

Doenças Vacina obrigatória? Vacina recomendada? Lugares de maior risco na região
Febre amarela Em lugares de risco Sim Santa Marta, Ciénaga e Aracataca no estado de Magdalena, Turbo no estado de Antioquia
Malária Não existe Não existe Lugares com uma altitude inferior a 1.500 metros acima do nível do mar
Vírus da Zika Não existe Não existe Lugares com uma altitude inferior a 2.200 metros acima do nível do mar
Febre da Dengue Não A vacina tem efeitos adversos Cidade de Barranquilla e estado de La Guajira

Região Insular: Ilhas Oceânicas

No Oceano Pacífico, a Colômbia tem duas ilhas: Malpelo e Gorgona; as duas são áreas naturais protegidas devido à grande riqueza e biodiversidade, tanto terrestre quanto marinha. Na ilha de Malpelo as chuvas são frequentes e apenas no período entre dezembro e março há um intervalo seco. Por outro lado, a ilha de Gorgona apresenta as maiores precipitações em setembro e outubro, mas não se pode falar de uma temporada seca. A temperatura média das duas ilhas é de aproximadamente 28°C. Nestas duas ilhas, recomendamos o uso de repelente para se proteger de insetos e botas de borracha para atividades na ilha Gorgona.

No mar Caribe estão as ilhas de San Andrés, Providência y Santa Catalina. Seu clima é quente com uma temperatura média de 27°C, chegando a uma máxima de 30°C. Esta zona tem uma temporada anual de chuvas que vai de maio a novembro, sendo outubro e novembro os meses com maiores precipitações [more info]. Também deve ser levada em consideração a temporada de furacões no Caribe, que algumas vezes chegou ao território colombiano. Todos os anos esta temporada vai junho a novembro, aproximadamente, e dependendo de sua força pode afetar as ilhas e inclusive as costas do Caribe colombiano [more info].

Recomendamos tomar água engarrafada.

Recomendamos a vacina contra a febre amarela e a proteção contra os mosquitos, tanto nas ilhas do Caribe quanto nas do Pacífico.

Doenças Vacina obrigatória? Vacina recomendada? Lugares de maior risco na região
Febre amarela Não Sim Apenas prevenção
Malária Não existe Não existe Ilhas do Pacífico
Vírus da Zika Não existe Não existe Ilhas do Pacífico
Febre da Dengue Não A vacina tem efeitos adversos Ilhas do Pacífico

Região Amazônica: O pulmão do mundo

A Amazônia compreende quase 50% do território do país e é a zona menos povoada da Colômbia. Em geral, o clima da região é quente e úmido. Esta região conta com meses secos entre julho e agosto e os meses com maiores precipitações vão de dezembro a março. A região tem uma temperatura média de 25°C, mas pode subir e chegar a 31 ° C [more info]. Também aqui é imperativo se proteger contra os mosquitos [more info].

[/fusion_table

Doenças Vacina obrigatória? Vacina recomendada? Lugares de maior risco na região
Febre amarela Sim Em toda a região Toda a região
Malária Não existe Não existe Toda a região
Vírus da Zika Não existe Não existe Toda a região
Febre da Dengue Não A vacina tem efeitos adversos Toda a região

]

Vacinas

Nas zonas tropicais ainda há presença do vírus da Zika. Em caso de gravidez, aconselhamos que consulte seu médico antes de realizar a viagem. Aconselhamos às grávidas não viajar a regiões que apresentem um alto risco de contágio.

Para a Zika,  Malária e  Dengue ainda não existem vacinas provadas que sejam efetivas.

Embora não seja obrigatório estar vacinado contra a febre amarela para entrar na Colômbia, aconselhamos que se vacine, especialmente em viagem ao Amazonas e à Orinoquia. Além disso, recomendamos verificar e renovar as vacinas básicas e se vacinar contra hepatite, raiva e febre tifoide. A proteção constante contra os mosquitos é indispensável.

Atendimento médico

Nas cidades grandes há hospitais de padrão muito bom [more info], com equipamentos de alta qualidade e pessoal médico bem treinado e experiente. De fato, a Colômbia vem desenvolvendo o turismo médico há vários anos, sendo um destino respeitado no setor [more info]. O atendimento e os serviços de emergências são muito bons. Além disso, a rede de farmácias é bastante ampla em todo o território nacional.

Contudo, é difícil obter a mesma qualidade dos hospitais em cidades pequenas e a assistência médica nem sempre está garantida. Além disso, deve-se levar em conta que os hospitais exigem pagamentos antecipados, e antes da viagem deve ser feito um seguro-viagem para poder estar tranquilo em caso de algum acidente ou doença.

Quando da necessidade de remédios especiais, aconselhamos trazer a quantidade adequada para a Colômbia. Recomendamos verificar previamente se sua entrada no país é permitida, já que existem normas para alguns medicamentos. Entretanto, como já mencionamos anteriormente, a Colômbia conta com uma grande rede de farmácias, de modo que os medicamentos básicos podem ser encontrados em quase todas as cidades e povoados.

A água de torneira nas cidades grandes é potável. Entretanto, para evitar doenças, recomendamos comprar água em garrafas ou ensacada no comércio, onde são encontradas facilmente e a um bom preço. Também há de se ter cuidado com o consumo de frutas e verduras cruas; é sempre melhor lavá-las ou cozinhá-las.

Para maiores informações, aconselhamos visitar o site da WHO (World Health Organization).

Doenças que podem ser adquiridas na Colômbia

Febre Amarela

A febre amarela é uma doença infecciosa causada pela picada do mosquito Aedes Aegypti. Este mosquito está presente nas regiões tropicais e subtropicais da América do Sul e da África. Em geral, nas regiões que se encontram a uma altura superior a 2.300 metros acima do nível do mar não há risco de contágio. A vacina deve ser aplicada 10 dias antes da viagem às regiões mencionadas, pois a partir do décimo dia a proteção é de 90%, e após um mês é de quase 100%.

Os sintomas da febre amarela são: febre, náuseas e dor generalizada. Na maioria dos casos o corpo se recupera depois de alguns dias. Entretanto, o médico deve ser sempre consultado, já que a doença pode ser mortal.

Malária

A Malária é uma doença infecciosa causada especialmente nas regiões tropicais e subtropicais pela picada da fêmea do mosquito Anopheles. Em zonas com altitudes superiores a 1.500 metros acima do nível do mar e nas ilhas do Caribe não há risco de contágio [more info].

Os sintomas da Malária são: febre alta, arrepios, problemas no trato gastrointestinal e convulsões. A doença pode ser mortal, especialmente para as crianças. No caso de contágio, aconselhamos procurar atendimento médico o mais rápido possível. O tratamento para esta doença é altamente eficaz se iniciado de forma oportuna. Devido a ainda não existir vacina contra a malária, a única proteção possível é o repelente contra mosquitos. Como medida adicional, aconselhamos que se hospede em lugares protegidos contra os mosquitos, vista roupa que cubra o corpo à tarde e à noite.

Vírus da Zika

O vírus da Zika é transmitido pela picada de mosquitos. O Vírus aparece em vários lugares da Colômbia. Como consequência da doença, a pessoa terá um quadro de febre, erupção cutânea, dores articulares, conjuntivites, dores musculares, de cabeça e náuseas. Em alguns casos também pode ocorrer paralisia da síndrome Guillain-Barre. A erupção cutânea permanece durante 6 dias, os outros sintomas podem diminuir antes.

Na maioria dos casos a doença não apresenta sintomas muito evidentes. Contudo, se você identificar algum dos sintomas anteriores, recomendamos dirigir-se ao centro de saúde mais próximo para ser examinado. Em raros casos a doença é mortal.

Durante a gravidez, o vírus da Zika pode provocar dano ao bebê antes do nascimento. Mulheres grávidas ou com intenção de engravidar devem evitar viagens a estas regiões. A Zika também é contraída por meio de contato sexual. Por esse motivo, é indispensável o uso de camisinha até 8 semanas depois da viagem [more info].

Febre da Dengue

A febre da Dengue é transmitida por mosquitos em várias zonas tropicais e subtropicais no mundo todo. Os mosquitos são do tipo Aedes e são ativos especialmente durante o dia.

Existem três tipos de dengue: o primeiro ocasiona um quadro de surtos repentinos de febre, fortes dores musculares e, algumas vezes, erupções cutâneas. A maioria dos infetados se recuperam depois de alguns dias. O segundo tipo corresponde à dengue hemorrágica, que produz febre e sangramento. Por último e menos comum, está a síndrome de choque por dengue. Devido a que a pessoa perde líquidos e a pressão arterial diminui, deve-se consultar imediatamente o médico, pois a infecção tem uma taxa de mortalidade de 50%.

Como não existe uma vacina eficaz contra a febre da dengue [more info], a única forma de se prevenir o contágio é protegendo-se contra mosquitos, tanto durante o dia como à noite [more info].

Doenças sexualmente transmissíveis

As infecções de transmissão sexual são causadas por bactérias, vírus e parasitas transmitidos através do ato sexual sem proteção. Em muitos casos a pessoa infetada não apresenta sintomas. Dependendo da infecção, os sintomas podem surgir depois de alguns dias ou inclusive semanas, como é o caso da Chlamydia, da Gonorreia e da herpes genital.

Os sintomas de infecções como a Hepatite B, o HIV e a Sífilis surgem após meses ou anos. Os sintomas mais comuns são: secreção nos genitais, ardor ou dor ao urinar, sangramento depois do sexo ou intermenstrual, erupções cutâneas e lacerações na área genital ou anal, inflamação das glândulas linfáticas da virilha, febre repentina e sintomas semelhantes aos da gripe.

Leve em consideração que a desaparição repentina dos sintomas não significa que a pessoa esteja curada da infecção, já que outros sintomas podem ocorrer. A maioria das infecções sexuais pode ser tratada com antibióticos. Se não obtiver atendimento médico, a infecção pode causar infertilidade, doença pélvica inflamatória, câncer, doenças crônicas, complicações durante a gravidez e defeitos congênitos. Por esta razão,  aconselhamos que se proteja durante o sexo.

Aconselhamos a não fazer tatuagens, perfurações corporais ou fazer sessões de acupuntura. Se teve relações sexuais de risco ou se suspeitar que adquiriu doença de transmissão sexual, deve consultar um médico imediatamente [more info].

A Hepatite B e o Vírus do Papiloma Humano podem ser prevenidos com a aplicação da respectiva vacina.

Pelecanus. Viagem para Colômbia.

Novembro 2018

Blog de Frank Spitzer

2018-12-11T21:05:12+00:00

Deixe seus comentários