INFO BLOG

Dicas para viajar à Colômbia

Em viagens à Colômbia, os seguintes aspectos devem ser considerados:

Antes da viagem

  • Verifique que o seu passaporte esteja vigente. Para maiores informações, visite o website http://www.colombia.travel/en/practical-information/visa
  • Consulte seu banco sobre a possibilidade de efetuar saques em dinheiro na Colômbia. Caso contrário, assegure-se de realizar os trâmites necessários para o caso.
  • Prepare a roupa e o equipamento de acordo com as atividades que tiver planejado. Na Colômbia é difícil conseguir calçado com numeração superior ao 44.
  • Assegure-se de ter todas as vacinas necessárias para a sua viagem.

Vacinas, precauções e conselhos médicos

Segurança

  • A Colômbia não ficou estancada em sua história. Ao contrário, aprimorou a segurança exponencialmente. Nas ruas, há presença de policiais e militares capacitados para reagir diante de qualquer contratempo. A vigilância das autoridades é cuidadosa, principalmente em locais turísticos.
  • Na maioria das regiões é possível viajar sem problema.
  • Na Colômbia, a expressão “dar papaya” significa facilitar aos delinquentes a oportunidade de roubo. Portanto, recomendamos evitar o uso de joias ou outros objetos de valor.
  • Evite usar objetos de valor ou proteja-os com precaução.
  • Carregue consigo uma cópia dos seus documentos pessoais ao invés dos originais.
  • Em breve, um blog detalhado sobre o tema.

O que fazer e o que não fazer

  • Pablo Escobar não é um herói nacional, mas sim uma mancha escura na história da Colômbia. Em geral, os colombianos não gostam dos tours e da mercadoria relacionada a Pablo Escobar. Da mesma forma, não é gentil relacionar tudo com a série da Netflix “Narcos”. Os colombianos sabem que o país é um dos maiores produtores de cocaína. Por tal motivo, não é respeitoso falar apenas sobre drogas.
  • O mesmo se aplica para a prostituição e temas semelhantes. A Colômbia é um país muito católico e em grande parte conservador.
  • O futebol, a comida, a cultura, a história, as tradições, a beleza do país e a de suas mulheres sempre serão bons temas para conversa.

Dinheiro

  • Na Colômbia os pagamentos são feitos em moeda local, o peso colombiano (COP). É possível efetuar saque de dinheiro em todos os caixas eletrônicos /ou pagar com cartão de crédito em lugares como hotéis, supermercados, shoppings, etc.
  • A rede de caixas automáticos é ampla. Inclusive nas cidades pequenas é possível encontrar caixas e correspondentes bancários.
  • A quantidade de dinheiro que é possível sacar nos caixas automáticos é limitada. Normalmente se pode sacar até COP 700.000 em uma só transação. Isto corresponde a USD 250, aproximadamente. Contudo, a operação pode ser repetida várias vezes seguidas.
  • Não há necessidade de trazer dinheiro ou cheques de viagem do exterior.
  • É possível trocar dinheiro na chegada ao aeroporto, mas o processo é entediante e é necessário colocar a impressão digital. A taxa de câmbio também não é muito boa.

Gorjeta

  • Nos restaurantes, normalmente perguntam se você deseja incluir a gorjeta na conta. Para um serviço normal, está bem que assim seja. Geralmente a gorjeta equivale a 10% do valor total da nota fiscal.
  • Nem sempre a gorjeta é pedida separadamente. Verifique sua nota fiscal para não pagá-la duas vezes.
  • Também se pode dar gorjeta por um valor diferente dos 10%.

Vestimenta e Indumentária

  • Nas grandes cidades há uma grande variedade de lojas. A indústria da moda é bastante desenvolvida na Colômbia, mas há alguns anos se encontra em crise. Por essa razão, é possível conseguir bons designs a um baixo preço.
  • Os tamanhos de roupa e calçado são pequenos, pois o colombiano médio não é muito alto.

Visto

Impostos e Alfândegas

  • É possível ingressar ao país objetos de uso pessoal e uma quantidade limitada de presentes sem pagar impostos: 200 cigarros, 50 charutos e 250 g de tabaco, dois litros de bebidas alcoólicas e mercadoria no valor de até 1.500 USD.
  • Da mesma forma, é possível entrar com dinheiro até um valor de 10.000 dólares estadunidenses ou seu equivalente em outra moeda. Para ingressar mercadoria e dinheiro em valor superior ao mencionado, é necessário preencher o formulário nº 530 da DIAN.
  • Para os estrangeiros, alguns serviços estão isentos do IVA de 19% (imposto de venda ao consumidor).
  • Os turistas podem solicitar o reembolso do IVA no aeroporto antes de fazer o Check-In. Informe-se melhor sobre o processo detalhado, já que pode ser um pouco complicado.

Tempo ideal para viajar/ clima

  • Devido à sua localização geográfica e à sua diversa topografia, existem diferentes regiões na Colômbia. Geralmente, ao longo do ano é possível a diferenciação entre temporada de chuva e temporada seca.
  • É possível que chova a qualquer momento em quase todas as regiões do país.
  • Outras informações detalhadas sobre o clima serão apresentadas no próximo blog.

Idioma

  • Na Colômbia se fala espanhol.
  • Em geral, os colombianos não falam outros idiomas.
  • Há mais de 50 línguas indígenas reconhecidas no país.

Segurança

  • A linha nacional de emergências é 123.
  • A polícia e o exército estão subordinados ao Ministério de Defesa.
  • Em diversos lugares pode-se ver a “Polícia Nacional” ou “Polícia de turismo” proporcionando segurança. A polícia de turismo geralmente fala inglês.
  • Os pontos de controle são em parte operados pelo exército.

Comida & Bebida

  • Os colombianos amam comer e beber! A terra é muito fértil e, portanto, há colheitas várias vezes durante o ano.
  • Em geral, os colombianos bebem cerveja. O vinho não é muito popular no país.
  • Uma boa festa inclui whisky e aguardiente (cachaça).
  • A comida varia de acordo com a região.
  • A arepa, em suas infinitas variedades, é conseguida em qualquer lugar do país e é, por assim dizer, o prato nacional.

Feriados

  • A Colômbia é o rei dos feriados. No total há 18 feriados que são comemorados geralmente às segundas-feiras.
  • Se você planeja viajar para a Colômbia deve estar atento aos feriados, pois os colombianos gostam de viajar durante esses dias.
  • Durante os feriados os hotéis são mais caros e as atrações turísticas são mais concorridas.

Paciência

  • A Colômbia se encontra na América do Sul, os relógios funcionam em uma velocidade diferente.
  • Em geral, os colombianos não são pontuais.
  • Nas cidades grandes é muito comum acabar preso em um engarrafamento (tráfego pesado).
  • A velocidade média em viagem por estrada é de uns 40 km/h. Quase não há estradas, nem túneis, mas sim muitas montanhas e caminhões.
  • Em alguns lugares se formam longas filas para ingresso a lojas e restaurantes.

Vida noturna e festa

  • Na Colômbia é possível divertir-se muito. As festas são incríveis.
  • Não perca de vista suas bebidas para não correr o risco de ser drogado.
  • Utilize o serviço de Uber ou taxis pedidos diretamente por um App ou de uma empresa oficial de taxis.
  • Seja precavido e não confie em estranhos.
  • Proteja-se contra DST’s durante as relações sexuais.

Transporte

  • No aeroporto há um lugar oficial para se tomar taxi. Dirija-se diretamente ao local onde eles estão e utilize-os.
  • Nas cidades grandes, e especialmente à noite, se deve evitar pegar taxi na rua.
  • Nas grandes cidades funciona o serviço de Uber.
  • Se você não tiver um telefone ou um App de transporte, pode dirigir-se a uma loja ou hotel e solicitar que peçam um taxi para você.
  • Na Colômbia é possível alugar carros. Para estadias inferiores a 6 meses, é válida uma carteira de motorista estrangeira.
  • O tráfego por estrada pode chegar a ser hostil.

Pelecanus. Viagem para Colômbia.

Novembro 2018

Blog de Frank Spitzer

2018-12-11T21:06:16+00:00

Deixe seus comentários